Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

Nutrientes

Um alimento é qualquer substância líquida ou sólida que proporciona nutrientes ao organismo. Existem alimentos simples (constituídos por um único nutriente) e alimentos compostos (constituídos por vários nutrientes).

Por sua vez, nutriente pode ser definido como o constituinte alimentar que é utilizado pelo organismo.

 

Prótidos – são essenciais para a organização e actividade das células que constituem o nosso corpo, sendo necessários para a renovação e crescimento dos tecidos. Eventuais carências podem originar deficiências graves no crescimento e desenvolvimento intelectual nas crianças e reduzir a resistência do organismo às agressões externas.

Glícidos – fornecem uma parte importante da energia que utilizamos, pelo que a quantidade que ingerimos deve ser calculada em função da actividade física desenvolvida. A celulose, que tem um importante papel regulador do sistema digestivo, faz parte deste grupo.

Lípidos – têm por função principal fornecer energia ao organismo, sendo alguns ácidos gordos constituintes essenciais de certas estruturas celulares. Os alimentos ricos nestes nutrientes, devem ser consumidos com moderação devido ao seu elevado conteúdo calórico.

Vitaminas – embora necessárias em quantidades diminutas são essenciais à vida, dado que tem um papel regulador de reacções químicas vitais. A carência destes nutrientes pode provocar doenças – avitaminoses, mas o seu excesso também é prejudicial, sobretudo porque se trata de um nutriente que não é facilmente expulso pelo organismo.

Sais minerais – substâncias minerais de importância vital no organismo. Devem existir no nosso corpo em quantidades bem definidas. O excesso ou deficiência destes nutrientes, quanto mantidos por períodos prolongados, perturbam o funcionamento do organismo, provocando deficiências na formação de algumas estruturas do nosso corpo, como os ossos ou os músculos, ou irregularidades no funcionamento de órgãos importantes como a tiróide.

Água – constitui cerca de 65 % do peso do organismo humano e é de vital importância pelo seu papel em funções, como a absorção de nutrientes, a eliminação de substâncias residuais e a regulação da temperatura corporal e da pressão sanguínea.

 

 

 


publicado por Luís Dias às 20:25
link do post | comentar | favorito
blogs SAPO

.subscrever feeds