Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

Constituição do sistema digestivo

 

Pertencem ao sistema digestivo o tubo digestivo e os órgãos anexos ou glândulas anexas.
O tubo digestivo é constituído por uma série de órgãos que formam um “tubo” por onde passam os alimentos, durante a sua transformação.
As glândulas anexas, embora não fazendo parte do tubo digestivo, produzem e lançam no seu interior substâncias que têm um papel importante na digestão dos alimentos.
 
 
Boca – a boca constitui a primeira parte do aparelho digestivo. É na boca que se inicia a transformação dos alimentos, através da acção da saliva, da língua e dos dentes.
 
Glândulas salivares – glândulas anexas produtoras de saliva. Localizam-se perto da boca. São em número de três pares e, em função da sua localização, denominam-se parótidas, sublinguais esubmaxilares.

 

 

 

Esófago – tubo que estabelece a ligação da faringe com o estômago.
 
 
Estômago – órgão do tubo digestivo, com paredes musculosas, que desempenha um papel fundamental na digestão.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fígado – glândula anexa responsável pela produção de bílis – suco que faz a emulsão dos lípidos – que armazena na vesícula biliar.

 
Vesícula biliar – órgão em forma de saco onde a bílis fica depositada.
 
Pâncreas – glândula anexa ao sistema digestivo que desempenha uma dupla função secretora. Como glândula exócrina, liberta para o duodeno o suco pancreático. Como glândula endócrina, produz e armazena as hormonas insulina e glucagon, que liberta para a corrente sanguínea.

 

 

 

 

Intestino delgado – Neste órgão os alimentos são sujeitos a movimentos intestinais, que facilitam a mistura dos alimentos com o suco pancreático, a bílis e o suco intestinal, assim como a sua deslocação ao longo deste órgão.

 
Intestino grosso – as partes dos alimentos que não são absorvidas passam para o intestino grosso e, após várias transformações, são expulsas pelo ânus sob a forma de fezes.
 
Recto – parte terminal do tubo intestinal.
 
Ânus – orifício que termina o tubo intestinal e pelo qual as fezes são expelidas.
Os alimentos que ingerimos são física e quimicamente transformados, ao longo do tubo digestivo, em moléculas mais simples e pequenas que podem ser absorvidas. Estas transformações constituem a digestão.
 
 
 
 

                                                                                


publicado por Luís Dias às 15:31
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Nani simao Filipe a 11 de Junho de 2013 às 10:18
Os meus comentarios conxite em agradesmentos pelo todos aqueles operadores q ajudaram me pelo todo tralho q foi resentado obrigado! continuaçao d um bom dia.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2013 às 12:36
fiquei a saber mais


Comentar post

blogs SAPO

.subscrever feeds